UFSJ diz que assistência estudantil e postos de trabalho estão ameaçados após déficit de mais de R$20 mi
9 de fevereiro de 2024

A Universidade Federal de São João del Rei anunciou um déficit de mais de R$ 20 milhões no orçamento para este ano, o que ameaça os serviços da assistência estudantil dada aos alunos, postos de trabalho e realização de eventos tradicionais promovidos pela instituição.

Foto: UFSJ

Em comunicado na quarta-feira (7), o reitor da UFSJ, Marcelo Andrade, explicou que com a redução do orçamento, será preciso rever todos os contratos da universidade, inclusive de terceirização, além de prejudicar outros setores.

Segundo o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Renato Vieira, a UFSJ precisa, para a manutenção das atividades mínimas, de R$ 76 milhões, com os reajustes da inflação, mas foram repassados R$ 54 milhões.

Início das aulas mantido

Ainda de acordo com a instituição, as aulas têm início no dia 4 de março não há previsão de paralisação das atividades. A expectativa é que as definições dos cortes sejam feitas até o final deste mês.

INFORMAÇÕES DO G1

publicidade

publicidade

publicidade