SAAE lança campanha contra ligações clandestinas de água
3 de abril de 2024

As ligações clandestinas resultam em prejuízos financeiros para toda a comunidade, uma vez que o custo do desperdício de água é compartilhado por todos os consumidores.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Viçosa está iniciando uma campanha para combater as ligações clandestinas de água, conhecidas como "gato". Com duração prevista de abril a maio, a iniciativa tem como objetivo conscientizar os moradores sobre os impactos negativos dessas práticas e incentivar a regularização das ligações.

Durante a campanha, os moradores são encorajados a denunciar casos de ligações clandestinas, tanto em suas próprias residências quanto na vizinhança. O SAAE se compromete a desativar essas ligações sem custo adicional ou aplicação de multas aos denunciantes durante esse período.

As ligações clandestinas resultam em prejuízos financeiros para toda a comunidade, uma vez que o custo do desperdício de água é compartilhado por todos os consumidores. Portanto, a regularização dessas ligações é crucial para garantir a equidade no fornecimento e evitar desperdícios.

Para facilitar o contato com a população, o SAAE disponibilizou diversos canais de atendimento, incluindo telefone, redes sociais e e-mail. Os moradores podem reportar casos de ligações clandestinas, solicitar informações sobre novas ligações ou mudanças de padrão, além de obter suporte para problemas como falta de água, vazamentos ou redes entupidas.

É importante ressaltar que a campanha terá vigência nos meses de abril e maio. A partir de junho, multas serão aplicadas aos consumidores que mantiverem ligações clandestinas de água. Ligação Clandestina é CRIME! A multa é grave e de 100x a TBO, totalizando R$ 1.332,00.

A comunidade de Viçosa é convocada a colaborar com essa iniciativa, garantindo que todos façam sua parte para promover o uso responsável e legal da água. O SAAE conta com a participação ativa de todos os moradores para o sucesso desta campanha.

Para mais informações e denúncias, entre em contato com o SAAE pelos seguintes canais:

Informações Saae Viçosa

publicidade

publicidade

publicidade