Brasil, Energia
Conta de luz terá aumento durante todo o mês de julho, no Brasil
1 de julho de 2024

A partir desta segunda-feira (1) entra em vigor a bandeira amarela nas tarifas de energia elétrica. Durante todo o mês de julho, haverá uma cobrança adicional na conta de luz. O valor extra será de R$ 1,88 para cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos. Essa medida não apenas afetará o bolso dos consumidores, mas também terá impacto no índice de inflação deste mês.

Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou essa nova bandeira na última sexta-feira (28). Essa decisão encerra um ciclo de mais de 2 anos em que vigorou a bandeira verde, que não implicava em cobrança adicional. A bandeira verde estava em vigor desde abril de 2022 até junho de 2024, devido às condições favoráveis de geração de energia no país.

No entanto, a situação mudou. De acordo com a Aneel, as condições para geração de energia estão menos favoráveis agora. A bandeira amarela foi acionada devido à previsão de chuvas abaixo da média até o final do ano (cerca de 50%) e à expectativa de aumento no consumo de energia no mesmo período.

A agência reguladora explicou que dois fatores principais levaram à ativação da bandeira amarela em julho:

  1. GSF (risco hidrológico): Esse indicador considera a disponibilidade de água para as hidrelétricas.
  2. Aumento do PDL (Preço de Liquidação de Diferenças): Atualmente, não há despacho de termelétricas fora da ordem do mérito.

Em fevereiro, o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) já havia alertado para a projeção de baixa vazão das usinas durante o período seco deste ano.

Informações: Terra Brasil Notícias