CidadaniaCulturaDiversidadeEducação

SEMANA DO BRINCAR REFORÇA A IMPORTÂNCIA DE ATIVIDADES LÚDICAS NA INFÂNCIA

A Semana Mundial do Brincar realizou atividades em creches e escolas municipais, para alunos da educação infantil e ensino fundamental I. Em uma parceria entre a Prefeitura de Viçosa, por meio da Secretaria de Educação e da Secretaria de Cultura Patrimônio Histórico e Esportes, o Laboratório de Desenvolvimento Infantil (LDI) e o Laboratório de Desenvolvimento Humano (LDH) da Universidade Federal de Viçosa (UFV), foram organizadas atividades que foram executadas para cerca de 800 crianças.

A abertura do evento aconteceu oficialmente no Auditório do Departamento de Engenharia Florestal da UFV, que reuniu representantes dos órgãos organizadores do evento. No domingo, dia 26, a Pinacoteca reuniu estudantes voluntários do curso de Educação Infantil da UFV para realizar atividades com as crianças. O evento foi aberto ao público e os projetos de extensão do curso realizaram atividades e brincadeiras durante a manhã.

A partir do dia 27, os voluntários da Semana do Brincar visitaram as creches e escolas da rede municipal de Viçosa. A professora Nívea Maria, da Escola Municipal Almiro Paraíso, na zona rural, achou as atividades realizadas muito produtivas para o processo de aprendizagem das crianças. “Eu acho esse momento importantíssimo no nosso espaço escolar. Há a necessidade de resgatar essas brincadeiras que são tranquilas, lúdicas. E isso aqui tem tudo a ver com aprendizagem, com desenvolvimento cognitivo, trabalha a questão da afetividade… Eu acho que essa Semana do Brincar chegou pra ficar!”

As visitas às escolas aconteceram até o dia 29. Apesar de estar previsto na programação visitas no dia 30, a paralisação nacional na qual os estudantes da UFV aderiram nesse dia, fez com que o último dia de visitas precisasse ser remarcado. De acordo com a representante da Aliança da Infância, organização que promove o evento, Sarah Menezes, as visitas que aconteceriam no dia 30 foram remarcadas para o dia 3 de maio. “Por conta da paralisação e, como os voluntários são estudantes da UFV, precisamos reagendar as visitas. A programação prevista para a Semana vai acontecer, só que em outro dia”, afirma.

O último dia do evento aconteceu na sexta-feira, dia 31, onde os alunos da educação infantil se reuniram no gramado do campus da UFV para um “dia brincante”. Entre às 8h e às 12h, o espaço recebeu 410 crianças, que participaram de todo tipo de brincadeiras e jogos: pintura, capoeira, música, leitura, bolhas de sabão, circuitos, massa de modelar, fitas coloridas entre outras várias atividades que visavam divertir e entreter.

Camila Santana estava presente no evento com seu filho Caio Lucas, de 4 anos. Para ela esse tipo de atividade cria uma ligação entre mãe e filho. “Eu vejo agora nele a minha infância. Vejo repercutir nele coisas que eu fazia lá atrás, anos atrás. Às vezes a gente trabalha tanto, é casa, é família, e aqui é um momento que eu tenho de descontrair com ele”, conta.

Na parte da tarde, entre às 13h e às 17h, foi a vez dos alunos do ensino fundamental I. Nesse turno reuniram-se 350 alunos das escolas municipais. A secretária de Educação, Ana Monteiro, evidencia a importância do brincar como um direito da criança e a importância das escolas proporcionarem esse espaço na formação dos alunos. “Eventos como esse evidenciam a importância do brincar no dia-a-dia da criança. É por meio do brincar que ela faz as descobertas, socializa… E mais que um direito, é um prazer para a criança se desenvolver dessa forma”, diz.

Ainda segundo a secretária, é interesse do município oficializar o Dia Mundial do Brincar, comemorado no dia 25 de maio, como um dia em que as escolas irão realizar, anualmente, atividades lúdicas, tanto dentro como fora das salas de aula. “É importante que as famílias e toda a comunidade entendam a relevância desse tipo de ação do desenvolvimento e aprendizado das nossas crianças”, finaliza.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar