CidadaniaCidadePolíticaSaúde & Bem Estar

SANEAMENTO BÁSICO E QUESTÕES POLÍTICAS SÃO TEMAS NA TRIBUNA LIVRE

O cidadão Francisco Gomes ocupou a Tribuna Livre, durante a reunião Ordinária da terça-feira (09), para falar sobre a necessidade de melhorar as condições de saneamento na travessa Camilo Rosa Oliveira, no Bairro Silvestre. Já Venceslau da Silva utilizou o espaço para tratar de questões políticas.

Francisco, morador da travessa, disse que luta pela causa há mais de dois anos e até o momento o problema não foi resolvido “vários vereadores estiveram no local e nada foi feito”, disse. Segundo ele, a água provém da Escola de Estudos Superiores de Viçosa (ESUV) e apesar de canalizada, a água não comporta a quantidade de esgoto, causando a exposição de dejetos a céu aberto. O cidadão ainda falou sobre o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), que aumenta todos os anos e não é destinado para a resolução do problema “o IPTU chega alto, não tenho como pagar isso e não sei a quem recorrer”, finalizou.

O Vereador Paulo Sérgio da Silva (Toti) (PRTB) comentou a situação do cidadão “nós, vereadores, cobramos e fiscalizamos por esse bairro, mas muitas vezes não somos atendidos. É lamentável, porque o preço do IPTU aumenta todos os anos e esse tipo de problema continua acontecendo”, disse. Já o Vereador Sérgio Aloíso (Sérgio Construtor) (PSDC) enfatizou a Indicação nº 228/2019 de sua autoria, que foi apresentada no mês de maio, solicitando ao Executivo a regularização da situação da canalização da Rua “a situação do local é realmente precária, infelizmente não temos poder para realizar a obra, mas fazemos o nosso dever, que é fiscalizar e cobrar o Executivo para atender essas demandas”, explicou.

Já Venceslau demonstrou apoio às manifestações em favor do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro (PSL) e falou sobre a necessidade da contratação de vigilantes para a Praça Silviano Brandão após a reforma “a Prefeitura prometeu que seriam concedidos dois guardas, e atualmente não temos nenhum fazendo realmente esse serviço de fiscalização”, questionou o cidadão.

Fonte: Câmara Municipal de Viçosa.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar