Saúde & Bem Estar

Coronavírus: SES passa a considerar suspeitos casos de Síndrome Gripal; confira números em Viçosa

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou nota técnica na última segunda-feira (23) com mudanças no Protocolo de Infecção Humana pelo SARS-COV-2. A nota nº 02/2020 informa que, além dos pacientes que apresentam Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), os casos de Síndrome Gripal (SG) também serão considerados casos suspeitos. Essa mudança se deve ao fato de já haver transmissão comunitária do vírus no estado.

A Síndrome Gripal (SG) acomete o indivíduo com febre, tosse ou dor de garganta, cujos sintomas tiveram início nos últimos 7 dias. Na Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o indivíduo, de qualquer idade, apresenta os mesmos sintomas da SG, incluindo dispneia e desconforto respiratório (falta de ar).

Segundo a coordenadora do setor de Vigilância Epidemiológica, Lilian de Souza, a SG será notificada e considerada caso leve sem a necessidade de teste. Pacientes nesses casos, assim como todos os outros, são orientados a ficar isolados em casa, com acompanhamento dos profissionais de saúde via telefone. “Será feito teste nos casos de SRAG, em profissionais de saúde que apresentem os sintomas e também nos internados” disse ela.

A mudança no protocolo da nota técnica justifica o aumento no número de notificações de segunda (23) para terça-feira (24). A partir de agora as informações do boletim epidemiológico serão divididas entre pacientes que fizeram o teste, considerados INVESTIGADOS e pacientes que apresentaram sintomas da SG, que serão considerados MONITORADOS. O número total, que chamamos de NOTIFICAÇÕES, inclui todos os casos que chegaram à Secretaria de Saúde desde o dia 29 de fevereiro, além dos casos DESCARTADOS.

Confira o último boletim (25/03 – 18h):

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar