Vereadores voltam a cobrar do Executivo a realização de obras na zana rural e urbana de Viçosa
29 de abril de 2022

Durante reunião Ordinária, realizada na terça-feira (26), os vereadores da Casa Legislativa solicitaram obras e necessidades infraestruturais destinadas ao Poder Executivo. O assunto também esteve presente no uso da Tribuna Livre. 

O cidadão Fernando Henrique pediu melhorias no trânsito da Avenida Maria de Paula Santana, além da ‘’necessidade de quebra-molas e faixa de pedestres na Rua Pedro Álvares Cabral… Gostaríamos também que fosse colocada faixa de pedestres e quebra-molas dessa rua até o trevo do Silvestre, a pedido dos moradores e estudantes que precisam transitar diariamente nesses locais, por conta da faculdade’’. Maria Aparecida Braga também fez uso da tribuna solicitando pavimentação asfáltica na rua onde a mesma mora.

As solicitações relacionadas às obras estiveram presentes entre as indicações apresentadas pelos parlamentares ao Executivo. Rogério Fontes (Tistu) (PSL) solicitou, por intermédio da Indicação nº 205/2022, que sejam enviados, à Comunidade Zig Zag, bloquetes correspondentes a aproximadamente 650 metros. ‘’Estive presente em vistoria no local no último fim de semana e posteriormente conversei com o Prefeito, que demonstrou interesse em estar realizando uma parceria público privada para executar a solicitação. Os moradores necessitam desse acesso para poderem transitar com segurança e estão muito animados com a ideia’’, disse Rogério. 

Gilberto Brandão (Avante) encaminhou três indicações à Prefeitura, em que solicita: o serviço de patrolamento nas ruas Manuel Nunes Pinheiro, João Martins de Oliveira e Maria dos Anjos Chagas, Bairro Nova Viçosa (Indicação nº 206/2022); patrolamento, cascalhamento e drenagem na comunidade Córrego da Onça (nº 207) e serviço de patrolamento e cascalhamento nas regiões dos Nobres e Retiro (nº 208).

EMENDAS IMPOSITIVAS

Na última reunião Ordinária do ano de 2021, que aconteceu em 21 de dezembro, os vereadores haviam aprovado o Projeto de Lei (PL) nº 047/2021, de autoria do Prefeito Municipal, que estima a receita e fixa a despesa do município de Viçosa para o exercício financeiro de 2022. À época, foram propostas 27 emendas, entre modificativas, aditivas e impositivas, pelos parlamentares da Casa Legislativa. 

Nesse sentido, o Presidente da Câmara, Vereador Edenilson Oliveira (PSD), solicitou por intermédio da Indicação 186/2022, que o Executivo enviasse um planejamento sobre o pagamento das emendas previstas. Em resposta ao pedido, foi lido o ofício da Prefeitura durante a Ordinária (26), em que o órgão alegou impedimento técnico para a execução de algumas emendas. Dentre esses empecilhos, estão três emendas impositivas relacionadas à obras. 

O Vereador Marcos Fialho (DEM) havia solicitado, por intermédio da Emenda nº 06/2021, pavimentação com bloco sextavado em estradas rurais. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, o montante destinado não seria suficiente para cobrir o feito. 

Bartomélio Martins (Professor Bartô) (PT), Cristiano Gonçalves (Moto Link) (Solidariedade) e Gilberto Brandão (Avante) solicitaram, pela Emenda 16/2021, pavimentação asfáltica na Rua Joaquim Mansuêto de Assis, Bairro Cidade Nova e Rua E, Bairro Vale do Sol. Conforme disposto pelo Executivo o valor da obra será remanejado para execução de drenagem, uma vez que já existe processo licitatório que contempla a pavimentação das ruas mencionadas. 

Por fim, Sérgio Marota (PSL) e João Januário (João de Josino) (Cidadania) destinaram a Emenda nº 19/2021 para construção de quadra poliesportiva no Bairro Boa Vista. Pelo ofício, a Secretaria Municipal de Obras explicou que o valor destinado é insuficiente para a realização da obra. 

Por Assessoria de Comunicação da Câmara

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade